Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos



Tenho um coração amoroso e sempre trato as pessoas com muito carinho, com respeito, com educação e principalmente com delicadeza.
Tento sempre não ferir ninguém, pois não gosto de ser ferida. Contudo, quando me sinto muito machucada, ao invés de revidar eu procuro me afastar. Eu não me afasto com reticências, ou com ponto e virgula. Eu procuro colocar um ponto final. Assim, consigo ficar em paz e deixar em paz. 
Nem sempre a presença faz bem. Na maioria das vezes, é melhor uma doce ausência, do que uma presença amarga.
Assim eu penso, assim eu vivo. Assim eu sou.
Tem dado certo. E quando uma coisa dá certo, é melhor manter a fórmula e seguir pelos novos caminhos.
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 18/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras