Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos


Nem sempre se toma a decisão à qual, realmente se gostaria. Às vezes, é necessário que se tome a decisão que faça bem, àquele a quem se quer bem.
É árduo, porque neste instante, se abre mão dos próprios sentimentos.
Como é custoso viver bem com as pessoas, pois muitas vezes,  significa deixa-las partir, ou até mesmo se afastar delas.
Quanto mais eu vivo, mais eu vou compreendendo a máxima do  Sócrates: “Só sei que nada sei...” Não me sinto levando vantagem alguma por reconhecer que nada sei.
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 08/03/2018
Alterado em 08/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras