Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos


Certas coisas perduram imutáveis, como por exemplo a minha decepção na crença pelo ser humano.
Decepção essa, por descobrir, entre tantas coisas, que a honestidade e a deslealdade, convivem, harmoniosamente, bem nos impuros.
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 05/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras