Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos


Defesa há de ser justa
A maioria das pessoas, me incluo, tem uma certa necessidade de existir para o outro. O que acho natural, pois sentir-se só é diferente de se viver sozinho, por opção. O viver sozinho não significa, necessariamente, que se queira ficar isolado do mundo. Fato é que, mesmo que se quisesse não seria possível, pois sempre se precisa fazer algo que é necessário o contato com outras pessoas, que se conhece superficialmente e que a principio esse contato pode até encantar. 
Até que se conheça mais amiúde uma pessoa, pode-se pensar até que essa pessoa, em potencial, é diferente e especial. Que ela seja um encanto de ser.
O que acontece é que somente a convivência nos faz realmente conhecer a pessoa por quem nos encantamos. Há um ditado que diz” “De longe, todos se parecem normais”. É a convivência que aponta todos os defeitos, talvez a palavra defeito não seja a palavra ideal, eu diria que a convivência aponta os contrastes; aponta os inversos da primeira impressão, ou até mesmo da falsa expectativa que se cria em torno do que se ouve da pessoa em questão.
O conhecer alguém é a principio se encantar, pois afinal de contas a maioria das pessoas se veem de uma maneira muito peculiar e inebriante. Raras são as pessoas que conseguem enxergar seus defeitos, aceitar suas falhas, redimirem-se e pedir desculpas por erros que cometeram e que queiram assumir. O comum é a defesa, não é mesmo? As pessoas conseguem se defenderem de todas as evidências, procurando na irrelevância suas absolvições.
Nos EUA está passando um seriado mostrando aquele caso notório que inocentou o OJ Simpson de todas as suas culpas. Era obvio que ele havia matado sua ex mulher e seu namorado. Era obvio que todas as provas apontavam para ele. Entretanto, ele tinha um time de advogados que eram espetaculares e conseguiram absolve-lo de todas as suas culpas. E fizeram isso com maestria. E com isso um assassino sorriu com o veredito favorável a sua liberdade. Sim, o Simpson foi liberto de seus crimes. 
Todavia, não adiantou porque ele está na cadeia por um outro de seus crimes e nela ficará por trinta e três anos.
Então...
O ser humano tem um time de advogados dentro de si, que o defende de tudo e de todos. O pior ser humano é aquele que se coloca no papel de vitima, atacando aqueles que foram vitimizados por ele. O pior ser humano é aquele que se isenta de todas as culpas.
Por isto, é importante o autoanalise. É importante que se olhe para dentro de si e se perceba que tudo aquilo que se tenta disfarçar, ocultar, dissimular, etc., deixa sequelas no seu semelhante.
Eu também tenho os meus advogados de defesa, naturalmente. O que fiz foi equilibrar o meu interior para que as minhas ações não firam, não confundam, não magoem e não façam o meu semelhante de vitima, contratei um time de promotores. 
Com isto, eu não me coloco em posições inocentadas durante todo o tempo, me disfarçando de anjo. Eu reconheço os meus erros. 
Para mim é impossível conviver com pessoas que somente contratam seus times de defesas. Eu não me disponho a ser vitima de quem quer que seja.
Eu escolho o amor e não escolho a dor. Meu desejo é o de “que todo mal vire amor, que toda dor vire flor.”

 
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 05/03/2016
Alterado em 05/03/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras