Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos


Eu gosto de viver as emoções de estar me sentindo apaixonada. Quando este sentimento se desfaz, sinto um enorme vazio, pois passo a ver tudo de maneira comum. 
Francamente, eu  nem gostaria de conhecer aquele alguém por quem me apaixono, com medo de que o sentimento que eu tanto aprecio sentir, se dizime.
Sinto um imenso prazer em sonhar com aquele alguém por quem meu coração passou, magicamente, a se interessar. Nos devaneios eu vivo as mais belas e doces ilusões.
Sonhar que  aquele alguém é como uma estrela cadente, me faz sentir nos céus.
Já sonhei com “alguns alguéns”, em diferentes épocas de minha vida, e estes eram estrelas que caíram por terra ao perderem seus brilhos, suprimindo o meu sonho.



 
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 02/08/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras