Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Textos


O céu está sobre as cabeças,
e somente  os apaixonados
erguem seus olhos para apreciá-lo.
 
Numa das vezes em que
aquela  menina de olhar luminoso
o olhou, o céu por ela se apaixonou.
A partir daquele instante sua vida
se transformou e o céu passou a viver
a espera daquele olhar sereno por
quem se apaixonou perdidamente.
 
A menina que estava em férias na
chácara de sua avó, foi embora.
E desde então, o céu nunca mais foi o mesmo,
sua alegria sumiu.
 
Certo dia, o céu da cidade onde
morava a avó  da menina
se encontrou com o céu da cidade
onde a menina morava.
Aquele céu de onde a menina morava
contou para o céu que vivia sobre a
chácara onde a vovó da menina morava
que  ele ia, um dia, com a menina se casar,
E ela iria se transformar numa estrela
podendo, então, caminhar por todos os céus e iluminá-los. 
O céu apaixonado voltou a sorrir, pois tudo o
que ele desejava era ter a menina
bem pertinho de si, sendo ela criança
ou sendo ela uma estrela, o que ele desejava era
o seu olhar.
 
 
 
Mari S Alexandre
Enviado por Mari S Alexandre em 12/07/2015
Alterado em 16/07/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras