Mari  Silva Alexandre

Sou flor, Sou amor. Sou Dor, Sou amor. É nisto que me resumo.

Meu Diário
03/06/2014 09h53
Por toda a vida

Eu quero que saibas que tu sempre

serás um amor a ser lembrado com muito

carinho e respeito. 

Sempre que tu precisares de um ombro amigo

eu estarei disponível para ti.

O tempo modifica as pessoas e algumas coisas

vão-se perdendo, vão perdendo o significado que 

certo dia lhes foram atribuídos.

Eu não posso mais ser  tua mulher, mas poderei ser

sempre, se tu quiseres, a melhor amiga.

O nosso tempo de despedida chegou...

 

Eu falo isto com tristeza.

Eu falo isto com lágrimas no coração.

Mas, eu entendo o que a vida

representa. A vida é uma metamorfose.

As prioridades vão-se modificando

e não temos como evitá-las.

Mesmo assim, eu te digo que tu és e 

sempre foste importante na minha vida.

Que eu hei de te amar por toda minha vida.

Que enquanto eu existir tu existirás em mim.

O que eu não posso mais é continuar a viver

esta vida da maneira, que fomos sem querer construindo,

Melhor dizendo: desconstruindo-a, em nossa relação.

 

O que eu posso dizer é que te entrego o melhor de mim, para levares

contigo, por toda a tua vida.

Neste melhor está o esquecimento de todas as mágoas que eu senti.

Neste melhor está o esquecimento de todas as tristezas que eu vivi.

Neste melhor está o esquecimento de todas as lágrimas que eu derramei.

Neste melhor está, verdadeiramente, o melhor de mim. 

 

(Junho 3, 2014)


Publicado por Mari S Alexandre em 03/06/2014 às 09h53
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
03/06/2014 08h12
Hortências

Quem me conhece sabe que sou fascinada por flores e jardins.
Cultivo rosas, margaridas, gerânios, crisântemos em várias cores, violetas, tibouchina granulosa (quaresmeira), mini ixora, (que está sempre florido) e várias outras da mesma família que são maiores, nas cores alaranjadas, amarelas e multicoloridas. Tenho muitas flores que ainda não conheço pelo nome, assim, dei nome a elas.
Eu es
tou, também, desde o ano passado, cultivando hortênsias nas cores azul e branca. Encomendei a cor-de-rosa e estou aguardando sua chegada…
- As hortênsias são muito interessantes, pois o ph da terra é que determina suas cores. Eu havia comprado uma muda da cor branca que se transformou na cor verde. Achei o máximo!
Hoje, eu assisti alguns vídeos e li alguns artigos que ensinam a como fazer mudas de hortênsias. Mal posso esperar as três, no máximo quatro semanas para as hortências enraizarem. 
Eu, simplesmente, adoro mexer na terra e cuidar das flores. 
O melhor de tudo isso, é que o meu jardim, apesar do intenso calor, está muito - muito - lindo. Como eu tenho jardim nos quatro lados da minha casa e mais de quarenta vasos com plantas e flores, para onde eu olho vejo o colorido bonito delas, para me encantarem.
Em minha casa, todos gostamos de jardins. O Bentley, o meu cachorro, não é exceção… Ele cheira as flores e me olha talvez querendo me dizer que aprecia o aroma. Desde bem pequeno eu o ensinei a se sentir admirado diante delas… Ele me entendeu bem… Risos.

Vou deixar aqui um artigo que ensina como fazer mudas das hortênsias. Se alguém se interessar… Mãos à obra! 


http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-32--36-20120926


Publicado por Mari S Alexandre em 03/06/2014 às 08h12
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
01/06/2014 20h23
Gestos


São os pequenos gestos de amor que constroem uma vida de esplendor.

 


Publicado por Mari S Alexandre em 01/06/2014 às 20h23
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
01/06/2014 19h50
Caridade

Há quem esconda a dor que sente e ao outro ofereça somente o amor.

Há generosidade em oferecer sentimentos não vividos, mas, que se encontram na alma, para serem doados. 

Ao doar a beleza que não vive, quem o faz eleva seus próprios sentimentos. E ao dar o que não sente, faz nascer boas sementes.

Há também os egoístas, que vivem suas alegrias e, aos outros, somente oferecem o pior de si. 

Estes, com o tempo, transformam-se em folhas secas. Tornando-se amargos e solitários.

A bondade no ser, quando se veste de caridade, constrói um jardim humano. E ao partir desta vida será lembrado como um jardineiro que pela terra passou e deixou cultivado o amor.


Publicado por Mari S Alexandre em 01/06/2014 às 19h50
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
01/06/2014 15h15
Somar

 

Ser feliz é antes de tudo querer e gostar de ser.
Sou feliz ao acordar porque posso ver a luz do dia.
Não me importa se o dia está nublado, se está chuvoso ou 
 se está irradiado pela luz solar.
O que realmente me importa é que eu estou vivendo no dia,
com toda a minha alegria e disposição de somar conhecimentos,
aprendizados e trocas com as pessoas que estão dispostas a darem
de si e de receberem do outro.
A melhor parte de mim eu a conheço bem, pois é a que foi construída durante toda a minha caminhada. 
Mas, há em mim outras partes dispostas a romperem sua virgindade e descobrirem novos caminhos.
Novos valores para somar aos já existentes.
A vida é adição, é divisão e é multiplicação. Tudo o que for bom eu estou disposta a somar,  a dividir e, assim,  a multiplicar. 
O importante é viver a vida que vale a pena ser vivida.
O viver em paz e feliz, é a confirmação desta vida que vale a pena…

 

Publicado por Mari S Alexandre em 01/06/2014 às 15h15
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 11 de 29 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras